Quote

Emancipação iluminada, liberdade, pura e imaculada felicidade o esperam, mas você tem que escolher a embarcar na jornada interior para descobri-lo.
B.K.S Iyengar

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Jogue o copo no mar!

Agostinho foi um grande santo do Cristianismo que passou a vida inteira procurando a paz interior. Buscou satifacão nos prazeres dos sentidos. Comeu e bebeu em demasia e experimentou várias outras coisas na vida.
Também segiu diferentes práticas espirituais, mas sempre permanecia insatisfeito. Em sua busca, foi de uma cidade a outra, de uma floresta a outra. Estudou todos os livros disponíveis sobre religião e ciência até que, finalmente, o fardo de todo o conhecimento adquirido tornou-se insuportavelmente pesado. Porém, ele ainda não encontrara a paz.

Certo dia, quando Agostinho passeava na beira da praia, viu um menino em pé na areia, com um copo na mão. O garoto parecia muito preocupado e ansioso. Agostinho imaginou o que pensaria um menino tão pequeno.


Assim, ele se aproximou do garoto e perguntou:

- O que há com você? Porque está tão deprimido?

- Estou tentando descobrir como posso fazer o oceano caber no meu copo – respondeu o garoto. –Mas, apesar de tudo que faço, não consigo pôr o mar dentro dele. Ele é tão grande e meu copo tão pequeno.

- Então, por que simplesmente não joga o copo no oceano? – disse Agostinho.

Quando pronunciou estas palavras, Agostinho teve um rasgo de inspiração interior. Compreendeu que fazia exatamente o mesmo que aquele menino. Estava procurando conter toda a felicidade infinita de Deus no pequeno copo de sua compreensão individual do “Eu”. No momento em que percebeu isso, jogou fora o copo do seu ego. Imediatamente descobriu que podia conter o oceano. Percebeu sua unidade com Deus.

Extrato do livro "Encontrei a vida" do Swami Muktananda

Nenhum comentário:

Postar um comentário